TEMA CRIADO POR PYZAM AND EDITADO POR EWERTON »

sábado, 13 de março de 2010

Lembranças

O medo é grande
O pensamento acelerado
Respiração ofegante
O ar congelado

O que é a vida?
O que é ser?
Nada que permita...
Nada que deixe esquecer

São tantas vozes
O silêncio me ensurdece
As orações me cansam
A solidão me aquece

Aqui não há nada
(está tudo lotado)
Estou só
(está tudo lotado)

Esse mundo me surpreende
O decorrer da vida me exausta
Tudo parece familiar
Mas eu não me lembro...

Ewerton H. Marschalk

1 comentários:

Carlos. Branco. disse...

belos poema,
faz meu gosto de leitura,
parabens pelo blog.


O Poeta de Plutão

carlosbranco.com.br