TEMA CRIADO POR PYZAM AND EDITADO POR EWERTON »

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Por ela...

Ela está tão perto e ainda assim tão longe.
Ela é fria e ainda assim tão amorosa.
A sua presença me expressa paixão.
E, no entanto, magoa a minha alma.
Eu a amo tanto, que gritaria para as estrelas.

É por ela que perco a agressividade.
A ela eu curvo a minha ignorância.
Por ela eu sou o que sou.

Escravo de um amor eterno.
Fiel como um cão e astuto como um gato.
Por ela perdi a vida, renasci e evolui...
Eu a amo tanto, que gritaria para as estrelas.

Sou escravo de meu amor.
Sou o meu imperador.
Perdi a guerra humana, mais sou um vencedor.
Por ela eu sou o que sou.

Ewerton H. Marschalk

5 comentários:

vinicius lima santos disse...

Sencacional cara, simplismente demais. Gostaria de publicar este poema em meu blog, lógicamente eu vou colocar o link do seu blog e os créditos do poema a você, posso?

abs.

EwertoN disse...

Pode Publicar sim (:
vou adorar *-*

vinicius lima santos disse...

Valeu cara, to publicando \o, me segue la no twitter @vinirock34

Srtª Bêêh disse...

Ela ficaria realmente muito feliz em ler... ^.^

Anônimo disse...

http://www.facebook.com/gabi.grigori preciso falar algo com você, me adicione no facebook?